Roberto Duque Estrada

Sócio fundador do BDE – Brigagão, Duque-Estrada Advogados; diretor da ABDF; conselheiro do Conselho de Governança e Compliance da Associação Comercial do Rio de Janeiro; membro do Conselho Diretor da ABRASCA; membro do comitê de assuntos fiscais da International Bar Association

A MP do retorno do voto de qualidade: afronta ao legislativo

Com a revogação do art. 19-E pela malfadada MP 1.160 retorna-se ao caos da total e absoluta insegurança jurídica

voto
Crédito: Divulgação

Últimas Notícias sobre

  1. Crédito: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

    tributário

    A controvertida incidência do ITCMD sobre a herança líquida

    Legislações estaduais violam princípio da capacidade contributiva

    Roberto Duque Estrada, Jonas Ferreira

  2. Crédito: Unsplash

    COLUNA DA ABDF

    A tributação das Sociedades Anônimas do Futebol

    Nova lei permitirá que as SAFs possam atuar com plena segurança jurídica, inclusive sob a ótica tributária

    Roberto Duque Estrada, Eduardo Barboza Muniz

  3. Foto: Guilherme Santos/Sul21

    WIKIJOTA

    Entenda o que é a CPMF, como funcionava e sua trajetória

    Apesar de extinta, a referida contribuição nunca deixou de ocupar o imaginário dos contribuintes

    Roberto Duque Estrada, Gustavo Reis, Antônio Bahury Lanna

  4. Foto: Divulgação/Carf
  5. O ministro da Economia, Paulo Guedes / Crédito: Isac Nóbrega/PR

    Reforma tributária

    A CBS é a última etapa da metamorfose do PIS e da Cofins em imposto

    União não é livre para instituir por lei ordinária um novo imposto com os mesmos fatos geradores já previstos

    Roberto Duque Estrada

  6. Tribunal Regional Federal da 3ª Região, o TRF3 / Crédito: Divulgação

    Stock options

    TRF3 decide que planos de stock options têm natureza mercantil

    4ª Turma entende que proventos de stock options devem ser tributados como ganho de capital

    Roberto Duque Estrada, Jonas Ferreira

  7. Crédito: Pixabay
  8. @flickr/RodrigoAmorim

    ABDF

    As recentes decisões judiciais em matéria de ágio

    Judiciário tem reconhecido direito dos contribuintes à dedução do ágio refutando argumentos de autoridades fiscais

    Roberto Duque Estrada