Maria Eugenia Trombini

Pesquisadora do grupo Estudos de Crimes Organizacionais e integra o projeto Crime Corporativo e Corrupção Sistêmica no Brasil (DFG-FAPESP), no Max-Weber-Institut für Soziologie. Cientista social e advogada, mestre em Ciência Política pela Universidade Federal do Paraná e doutoranda em Sociologia na Universidade de Heidelberg.

Trump e seus companheiros do carvão: uma despedida?

Por enquanto Trump está sendo demitido, mas as circunstâncias, que o empurraram para o topo, não estão

Crédito: Andrea Hanks/Fotos Públicas

Últimas Notícias sobre

  1. Cerrado – Crédito: André Borges/Agência Brasília

    Corporate Crime Stories

    Biopirataria, propriedade intelectual indígena e tentativas de regulação

    À medida que se patenteia esse patrimônio baseado em uma abstração jurídica garante-se a exploração exclusiva

    Maria Eugenia Trombini

  2. Imagem: Pixabay

    Corporate crime stories

    Autorregulação e regulação da indústria farmacêutica

    Off-label marketing de medicamentos no Brasil e nos EUA

    Laura Sophia Hauck, Maria Eugenia Trombini

  3. Sede de Munique da TÜV Süd em junho de 2018. Wikimedia commons

    Corporate Crime Stories

    TÜV SÜD e Vale – deslizes individuais ou desvio organizacional?

    JOTA estreia seção sobre crimes corporativos

    Mário H. Jorge Jr., Maria Eugenia Trombini

Recomendados

Fachada externa do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (CARF).Foto: André Corrêa/Agência Senado.

Coluna CARF

A boca que pronuncia as palavras da Súmula

Os conselheiros do Carf não são apenas a boca que pronuncia as palavras da Súmula

Pedro Adamy | Coluna Carf

LGPD

Casa JOTA

Aprovômetro

TJSP

Reforma tributária

reforma administrativa

Regulação

Liberdade de Expressão


Sair da versão mobile