Luís Justiniano Haiek Fernandes

Sócio do escritório Manesco, Ramires, Perez, Azevedo Marques Sociedade de Advogados.

STF decide que TCU deve respeitar os acordos de leniência

Postura da Corte em nada exclui exercício das competências do TCU para apurar eventuais danos ao erário

Ministro Gilmar Mendes durante sessão plenária por videoconferência / Crédito: Rosinei Coutinho/SCO/STF

Últimas Notícias sobre

  1. Sede do Tribunal de Contas da União (TCU), em Brasília. Crédito: Divulgação

    Administração Pública

    TCU ignora STF sobre prescrição de ações de improbidade

    É urgente que o TCU revogue Súmula 282 e passe a reconhecer a prescritibilidade dos danos em contas especiais

    Luís Justiniano Haiek Fernandes, Eduardo Stênio Silva Sousa

  2. Crédito: Nelson JR/SCO/STF

    STF

    O Supremo e o encontro marcado com a fragmentação de competências

    Sobre a decisão proferida por Moro que impõe limites a investigações para ‘proteger empresas e delatores da Lava Jato’

    Luís Justiniano Haiek Fernandes

  3. Pixabay

    Embargos de declaração

    O lobo e os embargos patológicos

    Embargos de declaração (ou mesmo os embargos nos embargos) não podem ser tratados com desdém e desprezo

    Luís Justiniano Haiek Fernandes

  4. TCU. Crédito: Borowski / Domínio Público

    STF

    Importante decisão do STF fortalece acordos de leniência

    Decisão de Gilmar Mendes fortalece instrumento que vem sendo largamente utilizado na operação Lava Jato

    Floriano Azevedo Marques Neto, Luís Justiniano Haiek Fernandes

Recomendados

LGPD

Casa JOTA

Aprovômetro

TJSP

Jotinhas

Reforma tributária

Regulação

Liberdade de Expressão