Advocacia

Coronavírus

OAB registra caso de advogada com covid-19 depois de evento e suspende atividades

De acordo com órgão, ela está em isolamento domiciliar, com sintomas leves, e sem risco. Evento reuniu 3 mil pessoas

OAB-Carf-código-de-ética; honorários; hackers; covid-19 oab oab lei de acesso à informação
(Foto: divulgação OAB)

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) também suspendeu, nesta segunda-feira (16/3), todas as sessões, eventos e reuniões previstas até o fim do mês. O Conselho Federal divulgou um comunicado depois que a diretoria nacional foi informada de que uma participante da III Conferência Nacional da Mulher Advogada, que aconteceu nos dias 5 e 6 deste mês, no Ceará, testou positivo para o novo Coronavírus. 

A OAB, então, informou o diagnóstico a todos os participantes do encontro. Nos dois dias, quase 3 mil advogadas e advogados de todo o país participaram de dezenas de painéis, palestras e atividades no Centro de Eventos de Fortaleza, com a presença de nomes da advocacia, representantes de movimentos sociais, entidades públicas e privadas e também de especialistas estrangeiros.

De acordo com a OAB, a advogada está em isolamento domiciliar, com sintomas leves, e sem qualquer risco. O fato também foi comunicado ao Ministério da Saúde e às secretarias de Saúde do Ceará e do Distrito Federal.

“A OAB Nacional reitera seu compromisso de apoio total a todas as medidas tomadas pelas autoridades de saúde para combater a pandemia”, diz a nota. Até 31 de março, servidores, colaboradores e terceirizados estão dispensados da jornada de trabalho presencial na sede da Ordem, sendo mantido apenas um plantão mínimo presencial para manutenção das atividades básicas, a critério de cada setor.


Cadastre-se e leia 10 matérias/mês de graça e receba conteúdo especializado

Cadastro Gratuito