Advocacia

Cinema

A inviolabilidade do advogado a serviço dos corruptos

Prerrogativa é essencial à manutenção do Estado Democrático de Direito

O executivo Ricardo Saud, responsável por operacionalizar os pagamentos de propina do grupo J&F, afirmou na delação premiada que fechou com a Procuradoria-Geral da República (PGR) que tratou com “mais de 100 escritórios de advocacia, todas notas falsas” nas eleições de 2014. Na delação, Saud narra que diversos políticos indicavam escritórios para que intermediassem o montante […]

Leia este texto gratuitamente

Cadastre-se e tenha acesso a dez conteúdos todo mês.

cadastre-se agora. é grátis!

Informações confiáveis, assertivas e úteis. ​Leia e entenda por que o JOTA ​foi eleito a melhor startup de informação do mundo.