Reação

Toffoli derruba liminar de Marco Aurélio e restabelece prisão após 2ª instância

Caso provocou a terceira crise interna da gestão do ministro na Presidência do STF

Seis horas após o ministro Marco Aurélio suspender a prisão após condenação em segunda instância e determinar a soltura de réus nesta situação, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, derrubou a cautelar e restabeleceu a execução provisória da pena. Toffoli antedeu recurso da Procuradoria-Geral da República. Com isso, ficam mantidas, por exemplo, as […]

Leia até 10 matérias/mês no cadastro gratuito e receba conteúdo no seu e-mail

cadastre-se

Conteúdo exclusivo

Para continuar a ler, faça login

Não tem uma conta no JOTA Info? Tenha acesso agora!