STJ

STJ consagra direito ao esquecimento na Internet: o que isso significa?

Proteção ao direito ao esquecimento pode ser explorado indevidamente

Crédito: Pixabay

No dia 8 de maio, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) consagrou o “direito ao esquecimento” de uma promotora de Justiça do Rio de Janeiro, cujo nome era automaticamente associado ao tema “fraude em concurso para juiz” ao utilizar buscadores da Internet, como Google ou DuckDuckGo. Segundo o STJ, a promotora, que já foi inocentada […]

Conteúdo exclusivo

Para continuar a ler, faça login

Não tem uma conta no JOTA Info? Tenha acesso agora!